Dicas

Quatro cidades dos estados do RN e PB em um Roteiro de Charme e Aventura para conhecer

Entre suas diferentes histórias e culturas, localizadas entre os estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, os municípios de Monte das Gameleiras, Passa e Fica,Serra de São Bento e Araruna dão de presentes aos milhares de turistas e visitantes no decorrer do ano,uma oportunidade única de conhecerem uma das regiões que começam a despontar o turismo de charme,aventura e ecoturismo.

De belezas exuberantes e com localização privilegiadas os quatro municípios mostram-se de raridades diante das magnitudes de suas serras, montanhas e de clima frio.

Convidada pela direção da revista abellhudo,a fotógrafa carioca Carla Belke,de formação médica veterinária e apaixonada pelas terras potiguares,aceitou o convite quando estará à frente para realizar toda a produção fotográfica num trabalho minucioso quando as suas fotografias estarão estampando à edição especial online e impressa da revista abellhudo,no mês de Julho de 2017.

Em uma construção da arquitetura nórdica,o estilo de vila rural holandesa e em formato de moinho com cinco metros de altura,localizado na Pousada Pedra Grande em Monte das Gameleiras

Na edição especial dedicada aos países Brasil e Moçambique, a revista abellhudo dedicará em matérias especiais sobre a região batizada como Roteiro de Charme e Aventura, compreendendo as cidades de Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Serra de São Bento e Araruna, entre as divisas dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, irão ganhar um capítulo à parte quando serão desvendados os fascinantes roteiros de puro charme e aventura do turismo ecológico e um dos que mais crescem no Brasil.

Antes de ser publicada, a revista abellhudo antecipa para os seus leitores e leitoras um pequeno resumo do que virá a edição especial dos países Brasil e Moçambique, especialmente quando mostraremos somente um pouco da parte do Brasil.

Monte das Gameleiras-Numa construção de arquitetura nórdica, o estilo de vila rural holandesa com um moinho com cinco metros de altura, está localizado na Pousada Pedra Grande e um dos mais locais de maior beleza com sua vista para as serras em uma das mais belas visões para contemplar ao fim da tarde ou ao amanhecer do dia.

Com 550 metros acima do nível do mar, o clima frio na cidade de Monte das Gameleiras faz de sua rotina de cidade pacata do interior do Rio Grande do Norte, torna-se uma verdadeira efervescência quando recebe no decorrer do ano turistas de diversas partes do Brasil e do mundo.

A cidade de Monte das Gameleiras tem uma imensa riqueza de turismo, destacando-se quando está na região Agreste Potiguar, fazendo divisa com o estado da Paraíba. Privilegiada pela mãe natureza, o município é beneficiado pela prática do ecoturismo, tendo como suas atrações todas baseadas na geografia, valendo o destaque como seus pontos turísticos a exemplo da Pedra Pintada, a Pedra Navio, a Pedra da Caridade, do Milagre e a Pedra do Magalhães. A exemplo desses locais para a realização do ecoturismo, ainda existem o Açude Pituaçu, a gruta e a Capela de Nossa Senhora da Saúde com uma das mais belas vistas sobre o ponto mais alto de Monte das Gameleiras.

Passa e Fica-Com uma população de pouco mais de 11 mil habitantes, o município de Passa e Fica está localizado na região Agreste Potiguar e é um dos destinos que tem atraído turistas de várias partes do Brasil e do mundo.

Entre as suas belezas naturais, a cidade tem umas das mais belas planícies entrecortadas por montanhas, favorecendo bons caminhos para fazer trilhas ecológicas, além de ter paisagens verdejantes, onde os turistas podem contemplar, dentre as suas outras belezas existentes o Complexo da Pedra da Boca, já na divisa com a cidade de Araruna na Paraíba, e o mirante de Passa e Fica que se mostra um dos locais de uma visão espetacular para apreciar a natureza e as passagens.

Apropriado para apreciar as mais belas paisagens, o Mirante de Passa e Fica está localizado em uma das regiões mais altas do município e é uma das paradas obrigatórias para contemplação da natureza

Serra de São Bento-De imagens bucólicas a cidade de Serra de São Bento respira turismo o ano inteiro e os seus pontos turísticos,assim como a sua geografia de cidade de clima frio tem atrativos para todos os gostos,tratando-se do turismo de aventura, passeios para fazer trilhas ecológicas e uma mistura de religiosidade, realizar uma visita a Pedra do Cruzeiro, local que foi batizado pelos padres, estando localizado no Alto da União, recebendo milhares de pessoas no ano todo quando vão pagar promessas, além de ser alto e com uma visão das mais belas.

A pedra do Cruzeiro tem uma altitude de 520 metros acima do nível do mar, quando na década de 1960 houve a mudança de nome e instalado uma cruz. De peregrinação, a Pedra do Cruzeiro apesar de está em um dos pontos mais altos de Serra de São Bento é uma das paradas obrigatórias para quem quer fazer um turismo de aventura, encontrando pelos caminhos várias trilhas que levam ao local.

Entre religiosidade e turismo, a Pedra do Cruzeiro está num dos pontos mais altos de Serra de São Bento, tornando-se um local excelente para meditação e contemplação da natureza

Entre Pedro do Cruzeiro,Serra de São Bento com as suas serras e montanhas ao seu redor,vale uma visita ao Tanque do General,duas formações rochosas que formam um fosso com aproximadamente mais de 30 metros de altura no ponto máximo.Essa união de uma parede as pedras para represar a água da chuva,e tornando-se de visões exuberantes,como também ainda tem a Pedra da Trouxa,a caminho da divisa de Serra de São Bento com a Araruna no estado da Paraíba.

Araruna-Distante 165 km da capital da Paraíba,João Pessoa,o município de Araruna está na divisa com o estado do Rio Grande do Norte, entre os municípios de Monte das Gameleiras, Serra de São Bento e Passa e Fica.

De beleza singular, o Complexo do Parque Estadual da Pedra da Boca na cidade de Araruna no estado da Paraíba é convidativo para uma das melhores programações a ser feita

Os moradores da pacata cidade do interior da Paraíba, Araruna, os pontos turísticos, entre eles, a Pedra do Letreiro, Igreja da Fazenda Maquiné e o Complexo do Parque Estadual da Pedra da Boca, um dos locais ideais apropriado para a prática do rapel, ecoturismo e sendo muito procurado por jovens das mais diversas classes sociais.

Entre as práticas do turismo de rapel, ecoturismo, em Araruna, os moradores das redondezas dos locais onde estão os pontos turísticos recebem os turistas e visitantes com maior hospitalidade, oferecendo apoios e a existência de passeios pelas trilhas guiados por profissionais.Fotos:Carla Belke/Especial/Divulgação

Fonte: revista abellhudo